Notícias Adams Associados

 

 

Contrato de locação não pode ser protestado
5ª Turma do STJ negou recurso em mandado de segurança interposto pela Selal Negócios e Participações Ltda., que pretendia a anulação de ato que determinou o cancelamento do protesto de débito originário de locação predial urbana. A maioria dos ministros do colegiado entendeu não haver as delimitações da certeza, liquidez e exigibilidade imprescindíveis no contrato para que ele fosse sujeito a protesto. Fonte: www.espacovital.com.br

 

Clique e confira nossas novidades anteriores