Notícias Adams Associados

 

 

11.05.2009 - O Caso Vacum
Não consta dos autos, tenha a desditosa vaca perecido em decorrência do envenenamento dito na inicial. Por outro lado, vedam as posturas do município réu, haja gado solto nas ruas, onde, segundo o autor, teria a prefeitura ré, através de funcionário da mesma, passado veneno para matar plantas daninhas. Consta da inicial, residir o autor desta demanda no perímetro urbano. Ora, em tais condições, é lhe vedado criar animais e muito menos deixá-los pastando na rua. Bucolicamente, se requer para que, já nesta excelsa comarca, possa a demanda ser resolvida, e não se precise, para tanto, apelar para outras cortes de justiça e muito menos (contrariando parecer de bebericadores), mal informados em questão de competência, ser o presente caso vacum, submetido à apreciação do Tribunal Internacional de Haia". Fonte: www.espaçovital.com.br

 

Clique e confira nossas novidades anteriores